Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Está on-line a Recibosonline.pt

por Nuno Saraiva, em 12.12.13



O projecto RecibosOnline é uma solução de digitalização de facturas que permite a retalhistas e outros emitentes eliminarem a tradicional impressão em papel, substituindo-as, sem necessidade de alterações ao software de facturação, por uma versão electrónica com igual valor legal.

Na vertente frontoffice (frentes de loja), o RecibosOnline acaba com os incómodos “recibos” emitidos pelos retalhistas e que simplesmente enchem a carteira aos seus clientes. Torna-se assim possível minimizar custos com impressão, alavancar numa imagem mais amiga do ambiente e fortalecer a relação com o cliente através da inovação e comodidade.

Na vertente backoffice (escritórios), o RecibosOnline permite transformar, fácil e rapidamente, o actual software de facturação de uma qualquer empresa, numa solução de facturação electrónica, cortando nos custos de expedição, reduzindo a carga administrativa da empresa, melhorando o prazo de pagamentos e minimizando o impacto ambiental da operação.

Para o cliente (receptor das facturas), esta solução elimina o incómodo de manusear, arquivar ou encaminhar fisicamente (ex.: para contabilista) as facturas recebidas. O controlo e acesso às facturas fica também simplificado já que todo o histórico de facturas está sempre disponível através do portal. Acabam-se assim as facturas perdidas, extraviadas ou ilegíveis garantido-se, por exemplo, que todas as garantias estarão devidamente guardadas.

O projecto RecibosOnline conta o apoio da Startup Lisboa, onde se encontra incubado, da Associação Nacional de Jovens Empresários em conjunto com o INESC-ID, onde foi finalista do concurso IDEAMOVE, e da Universidade Católica Portuguesa em conjunto com o Banco Espírito Santo, onde participou num Programa Avançado de Gestão e Inovação para Empreendedores.


Ainda está por finalizar a aceitação fiscal de fatura exclisivamente eletronicas (neste momento tal ainda só é legal com assinatura electrónica.

 

Este projecto pretende legalizar (se todo o comércio fosse efectuado por ferramentas semelhantes estaremos já ne legalidade).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:35



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Pesquisar

  Pesquisar no Blog